Acessibilidade
Alt + 0


Menu
Alt + 1

Ir para conteúdo
Alt + 2

Contraste
Alt + 3

Diminuir fonte
Alt + 4

Aumentar fonte
Alt + 5

Núcleo de Bem-Estar Animal é destaque no mês de prevenção à crueldade animal

Desde sua inauguração, o espaço realizou aproximadamente 6 mil castrações e microchipagens

Data de Publicação: 22/04/2021 - 04:41:00 | Última Atualização: 23/04/2021 - 11:17:35 | Fotos: Divulgação/Internet Texto: Divulgação/Decom

O Núcleo de Bem-Estar Animal é um serviço do Governo de Criciúma, que realiza diferentes atendimentos à população. Na campanha Abril Laranja, mês de prevenção contra a crueldade animal, o Município dá destaque para os serviços prestados pelo núcleo, que atua na cidade desde 2019, e já realizou aproximadamente 6 mil castrações e microchipagens.

Para o coordenador do núcleo, Elias Pereira, a necessidade de atendimento do município é muito grande. “Estamos nos aprimorando e a tendência é melhorar ainda mais nosso atendimento. Somos exemplo em muitas ações e trabalhamos realmente voltados ao bem-estar desses animaizinhos”, enfatizou o coordenador.

Site

O Núcleo de Bem Estar Animal tem um site que já está no ar desde dezembro de 2020 e até o mês de abril, já teve 7.900 acessos. Na página é possível acessar as abas de adoção, com animais disponíveis, incluindo fotos e características; aba de denúncias e como realizá-las; informações de castração e microchipagem. Além disso, é possível ver detalhes sobre os atendimentos veterinários de baixa complexidade oferecidos pelo núcleo. Além disso, o site conta com uma aba especial para cadastrar animais perdidos. Para acessar é só entrar no link:

https://bemestaranimal.criciuma.sc.gov.br/.

Castração e microchipagem

Para solicitar uma castração e microchipagem (feitas somente juntas), é necessário apresentar documento de identificação, CPF, comprovação de renda de até três salários mínimos, comprovante de residência e morar em Criciúma.“Caso o cidadão não consiga o comprovante de renda, ele pode ir até o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do seu bairro e pedir uma declaração de baixa renda”, afirmou Elias Pereira.

Adoção de animais

Para adotar, o cidadão pode visualizar o animalzinho no site e deve ir até o Núcleo de Bem-Estar Animal, com um documento de identificação, CPF e um comprovante de residência. Além disso, a pessoa deverá assinar um Termo de Responsabilidade. Atualmente o núcleo possui 11 animais para doação.

Atendimentos veterinários de baixa complexidade

Consultas clínicas gerais, vacinação (raiva e polivalente), vermifugação, procedimentos ambulatoriais (cuidados com ferimentos e lesões de pele), também são realizados pelo núcleo e para ter direito a eles é preciso apresentar RG e CPF, comprovação de renda de até três salários mínimos, comprovante de residência e morar em Criciúma. Deve-se agendar o atendimento pelo número (48) 3445-8729.

Mutirões de vacinação, vermifugação e encaminhamento de castração nos bairros

Os mutirões em bairros na cidade, têm por objetivo agilizar os processos de vacinação, vermifugação e encaminhamento para castração. O objetivo é realizar mutirões a cada dois meses em bairros diferentes de Criciúma, porém, devido a pandemia causada pelo coronavírus, as ações estão suspensas e sem previsão de retomada.

Denúncias

Maus tratos contra animais podem ser denunciados de diversas formas: presencialmente, por ligação via telefone 156 da ouvidoria do município, no número (48) 3445-8811 da Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri), no e-mail famcri@criciuma.sc.gov.br, com abertura de protocolo online e pelo aplicativo Rever.